sábado , 31 julho 2021
Home / Carreira / Sociedade organizada repudia intervençoes da PRÓLAGOS no Rio Una

Sociedade organizada repudia intervençoes da PRÓLAGOS no Rio Una

ACEB apoia carta de repúdio enviada às instituições envolvidas no projeto de Transposição do Rio Una

Documento foi enviado nesta terça (22) e pede medidas urgentes para conservação do ecossistema/ Foto – Gonzalo Arselle

A Associação Comercial e Empresarial de Búzios (ACEB) assina, juntamente com representantes da sociedade civil organizada e entidades do município, a nota de repúdio contra o projeto de transposição do Rio Una. O documento, que foi enviado à 11 instituições na terça-feira (22), pede medidas urgentes para conservação do ecossistema.

O documento foi enviado ao Consórcio Lagos São João (Cibhls), à Prolagos, à Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro (AGENERSA), ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea), ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), ao Ministério Público Federal de São Pedro da Aldeia e ao Ministério Público Estadual de Cabo Frio/Búzios, São Pedro da Aldeia, Iguaba e Araruama.

A carta diz que as entidades e sociedade civil organizada é “contra a aprovação, elaboração, execução, concessão, licitação que tratem de transposição ou derrame de efluentes das sete Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) da Prolagos” no Rio Una.

publicidade

A nota diz ainda que “o Licenciamento Ambiental é um mecanismo criado para garantir a segurança ambiental, social e jurídica na instalação e operação de atividades de impacto ambiental, tema altamente complexo e técnico, que exige oitiva de especialistas e ampla participação da sociedade antes da tomada de qualquer decisão”.

No documento, as entidades Pró Rio Uma exigem que “seja imediatamente paralisado a implementação do Projeto que pretende lançar o esgoto da Região dos Lagos na Bacia do Rio Uma”; e requerem “a criação de uma equipe técnica transdisciplinar e independente que fundamente a restauração, a revitalização, a proteção e a preservação da Bacia do Rio Uma”.

Sobre a transposição

Essa possibilidade do remanejamento dos efluentes da Lagoa de Araruama para o Canal da Malhada, no Jardim Esperança, tem causado revolta na população buziana e nos ativistas ambientais do município.

O projeto proposto pelo Consórcio Municipal Lagos São João (CILSJ) abre precedente para que os resíduos do Canal da Malhada possam ser levados pela correnteza para o Rio Una, que, consequentemente, chegariam as praias do balneário, prejudicando, principalmente, o Mangue de Pedra, um dos ecossistemas raros e valiosos da cidade.

Veja Também

Os cochilos após o almoço aumentam a memória e as habilidades de pensamento?

Uma soneca à tarde pode ajudá-lo a se sentir mais descansado – e também pode ...

Deixe uma resposta