domingo , 26 janeiro 2020
Home / Empresas & Negócios / Oi prevê levantar até R$7,5 bi com venda de ativos não essenciais

Oi prevê levantar até R$7,5 bi com venda de ativos não essenciais

A operadora de telecomunicações Oi prevê arrecadar de 6,5 bilhões a 7,5 bilhões de reais com a venda de ativos não essenciais para a operação até 2021, conforme plano estratégico divulgado nesta terça-feira, que trouxe também projeções de receita e desempenho operacional nos próximos anos.

Entres os ativos listados para desinvestimentos estão torres, data center e imóveis, com prazo estimado para realização das operações entre o quarto trimestre de 2019 e o primeiro de 2021.

A Oi também prevê efeito positivo no caixa de créditos de PIS/Cofins, de entre 2,1 bilhões e 3,1 bilhões de reais, sendo cerca de 650 milhões de reais em 2019, a partir do terceiro trimestre, além de 4 bilhões de reais do aumento de capital realizado no primeiro trimestre de 2019.

A empresa afirmou no plano que está “totalmente focada na melhoria da performance operacional e financeira, crescendo receita e Ebitda através de modelo de negócio sustentável”.

De acordo com o plano, a companhia estima uma redução de custos de 1 bilhão de reais a ser alcançada até 2021.

Fonte: Agência Reuters

Veja Também

Receita recupera R$ 5,2 bilhões em dívidas de empresas com o Simples

Mais de 230 mil pequenos negócios regularizaram situação Mais de 230 mil micro e pequenas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *