sexta-feira , 23 agosto 2019
Home / Empresas & Negócios / Nubank: como fazer publicidade usando o método ágil

Nubank: como fazer publicidade usando o método ágil

In-house da fintech aumenta ritmo de produção e reforça comunicação voltada a “desafiar o sistema”

Desafiar o sistema. Esse é um dos pilares do Nubank, como aponta Paulo Vendramini, líder da área de marketing de produtos da fintech. Esse propósito vem se refletindo cada vez mais na comunicação da empresa. Após ter transformado porta-giratória em item de museu e lançado um manifesto, em março, pedindo o fim da letra miúda utilizada pelos grandes bancos, o Nubank enviou banquinhos a seus clientes, cutucando os concorrentes.

As ações são desenvolvidas na in-house do Nubank que ganhou expansão em fevereiro deste ano e, de acordo com Vendramini, é importante para uma empresa com tal perfil, tendo em vista a proximidade que o time criativo possui com a operação e os consumidores. “Desde o início, buscamos não só oferecer serviços financeiros através de tecnologia, design e data science, mas também fazer tudo isso entregando uma experiência incrível aos clientes. Logo, nossas comunicações refletem esse posicionamento questionador”, explica Vendramini reforçando a importância do método ágil no desenvolvimento de comunicação. Veja a seguir os principais trechos de sua entrevista:

O papel de uma in-house
A principal vantagem de ter uma agência interna é a proximidade que o time tem com o dia a dia da operação e a chance de entender realmente o impacto para o negócio. As decisões ficam mais rápidas, ganhamos muito em profundidade e em relevância. Outro grande benefício é ter todos alinhados com os valores e objetivos da empresa, porque a importância do trabalho e do comprometimento das pessoas aumentam muito. Além disso, ter um time multidisciplinar totalmente dedicado ajuda a agência a contribuir de uma maneira muito mais rica.

Publicidade

Fast fail também na publicidade
Algo que fazemos bastante aqui no Nubank é o modelo de test and learn, que não costuma fazer parte do dia a dia de todas as agências de publicidade, pois elas têm um compromisso tão grande de acertar que às vezes deixam de experimentar. Mas é impossível criar coisas novas sem testar alternativas diferentes.

Comunicação provocativa
Desafiar o sistema é um dos pilares do Nubank. Desde o início, buscamos não só oferecer serviços financeiros através de tecnologia, design e data science – mas também fazer tudo isso entregando uma experiência incrível aos clientes. Logo, nossas comunicações refletem esse posicionamento questionador. A nova iniciativa com o envio dos “bancos tradicionais” para clientes da NuConta reflete tudo que os produtos do Nubank carregam – do cartão de crédito à nossa conta digital: a vontade de gerar mudanças concretas e positivas no modo como as coisas são feitas, seja no setor financeiro ou na comunicação.

Fonte: Meio&Mensagem

Veja Também

Presidente da Petrobras defende mudança na legislação do pré-sal

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, defendeu mudanças na legislação que trata do pré-sal, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *