domingo , 31 maio 2020
Home / Macaé & Região / Em Rio das Ostras Sindicato Patronal Varejista e empresas doam 12 toneladas de alimentos

Em Rio das Ostras Sindicato Patronal Varejista e empresas doam 12 toneladas de alimentos

Ação acontece neste fim de semana e vai beneficiar mais de 950 famílias

Em tempos de pandemia, quando a crise não é somente sanitária, mas atingiu toda a economia do mundo, empresas privadas e o Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Rio das Ostras (Sindicomércio) se uniram para ajudar famílias da cidade.

Ao todo serão distribuídas 12 toneladas de alimentos, que beneficiarão principalmente as famílias de trabalhadores autônomos, que estão impedidos de trabalhar, como artesãos, feirantes, artistas e cadastrados da Renda Alternativa (ambulantes).

As empresas Sapura Navegação Marítima S.A., Azul Produção de Eventos, SS Produtora e Terrapleno – Terraplenagem e Construção se uniram para tentar amenizar os problemas sociais que a pandemia causou em Rio das Ostras, que é um município que tem parte da economia mantida pelo turismo, principalmente ligado aos eventos.

Fizeram uma pesquisa de mercado e compraram os alimentos também na cidade, como forma de incrementar o comércio local, e doaram ao Sindicato que fará a distribuição.

Empresas – A Sapura Navegação está se instalando na Zona Especial de Negócios de Rio das Ostras e além de patrocinar eventos culturais e trazer ações sociais para a cidade, participou desta iniciativa doando cerca de nove toneladas de alimentos.


A SS Produtora e a Terrapleno – Terraplenagem e Construção são empresas consolidadas na cidade e prestam serviços para o Município, além de empregar grande número de mão de obra local.
A Azul Produção de Eventos é responsável pela produção musical da maioria dos eventos de Rio das Ostras, e apesar de não estar instalada na cidade, contribui a quase 20 anos com a cultura local.

A distribuição acontecerá neste fim de semana no Grupo Renascer da Terceira Idade, para as pessoas cadastradas e com horário marcado, dividido por grupos, para evitar aglomeração, e com todas as medidas de segurança e higiene exigidas.

Veja Também

Quissamã continua construções públicas mesmo com COVID-19

Mesmo com as dificuldades impostas pela Pandemia, muitos municípios não deixaram de investir em obras ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *