terça-feira , 12 novembro 2019
Home / Carreira / Começam as inscrições para EJA semestral em Macaé

Começam as inscrições para EJA semestral em Macaé

Começam nesta segunda-feira (1 de julho) as inscrições para vagas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) semestral. Para se inscrever, o candidato deve ter no mínimo 15 anos. A inscrição é direcionada aos que não pertencem à rede municipal, além daqueles que em 2018 não tiveram matriculados em nenhuma unidade escolar. Esta será a oportunidade para as pessoas cursarem cada semestre em uma etapa/série. O cadastro será encerrado no dia 10 de julho no site oficial da prefeitura (macae.rj.gov.br). O resultado será divulgado no dia 25 de julho no próprio site. Em Macaé, cerca de 2 mil estudantes são atendidos na EJA em 13 escolas municipais.A modalidade abrange nove etapas, sendo que a etapa I se refere à alfabetização. Após o cadastro, a Secretaria Adjunta de Educação Básica e Setor de Pré-matrícula da Secretaria de Educação vão verificar a demanda de vagas para alocação do estudante. Os candidatos que não tiverem com nomes incluídos no resultado da inscrição estarão, automaticamente, no cadastro reserva da rede municipal, uma vez que o Serviço de Cadastro e Movimentação de Alunos fará a convocação ao longo do ano letivo de 2019.

Matrícula
A matrícula será nos dias 25 e 26 de julho nas escolas municipais, no horário de funcionamento de cada unidade. Deverão ser apresentados os seguintes documentos (original e cópia): certidão de nascimento, comprovante de residência (recibo da conta de água, luz ou outra correspondência) protocolo de transferência ou histórico escolar e foto 3×4. Também devem ser fornecidos cartão do Bolsa Família, caso o candidato seja beneficiário do programa, além do Cartão do SUS.
O procedimento deve ser pelo próprio candidato, para o caso de maior de idade. Já para os menores, os pais e responsáveis dos alunos devem comparecer com os documentos específicos na escola municipal em que serão direcionados.
Macaé segue a Lei de Diretrizes e Bases que garante a educação básica obrigatória e gratuita (a partir dos quatro anos), além do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), que estabelece o acesso à escola pública. Segundo o secretário de Educação, Guto Garcia, a proposta da EJA é possibilitar o retorno às salas de aula. “A proposta é levar a escolarização e contribuir com a formação da cidadania dos que desejam ingressar ou reingressar no mercado de trabalho. Os alunos que se dedicarem terão a oportunidade de receber certificados de conclusão dentro de um período menor de tempo”, destaca.

Publicidade

Veja Também

Búzios recebe Circuito Todo Mundo Vai, no próximo domingo (10)

Neste domingo (10), Búzios receberá o Circuito Todo Mundo Vai. O evento é um percurso ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *