sexta-feira , 10 abril 2020
Home / Macaé & Região / Cineastas e poetas mulheres serão homenageadas em Macaé

Cineastas e poetas mulheres serão homenageadas em Macaé

Foto: Divulgação

Filmes e poemas femininos serão apresentados durante o mês de março em homenagem a mulheres cineastas e poetas da cidade e do Brasil. A proposta da Secretaria de Cultura é destacar o Dia Internacional da Mulher, 8 de março, a fim de projetar as perspectivas femininas e algumas de suas vozes. O primeiro evento do projeto ‘Mulheres Cineastas’ terá sessão na terça-feira, 3 de março, às 18h, seguida de roda de conversa, no Solar dos Mellos – Museu da Cidade de Macaé, no centro da cidade. A entrada é franca.

O filme que abre o projeto é ‘Sonhos roubados’, de Sandra Werneck. O drama produzido em 2010 tem no elenco Nanda Costa, Daniel Dantas, Amanda Diniz, Kika Farias e Marieta Severo. A produção com duração de 1h30 trata de momentos da vida de três adolescentes, Jéssica (Nanda Costa), Daiane (Amanda Diniz) e Sabrina (Kika Farias) que moram em uma comunidade carioca. Elas eventualmente se prostituem no intuito de conseguir dinheiro para satisfazer seus sonhos de consumo. Entretanto, mesmo com os problemas do dia a dia, as jovens tentam se divertir e sonhar com um mundo melhor. Censura 14 anos (não acompanhado de responsável).

Publicidade

Sandra Werneck e o seu trabalho serão abordados no primeiro encontro de cinéfilos. Eles acontecerão em todas as terças-feiras no mês de março, às 18h, no auditório Presidente Washington Luís, que possui capacidade para até 35 pessoas, no museu, Rua Conde de Araruama, 248. Durante o mês ainda serão homenageadas: Helena Solberg, com ‘Palavra (En) cantada’; Suzana Amaral, com ‘A hora da Estrela’, Petra Costa, com ‘Elena’ e Lucia Murat, com ‘A memória que me contam’.

Publicidade

Também o projeto ‘Café Literário’ será totalmente feminino. No dia 25 de março, a partir das 19h, o encontro poético de cada última quarta-feira do mês tratará de Hilda Hilst, Conceição Evaristo, Angélica Freitas e Mel Duarte. O evento no auditório do museu é gratuito.

O Dia Internacional da Mulher foi criado para preservar a memória da luta das mulheres por meio de manifestações, greves, comitês e mobilização política ao longo do século XX, por equidade social e contra o machismo.

 

Veja Também

Firjan se mostra preocupada com decreto do prefeito de Macaé

Firjan se mostra preocupada com decreto do prefeito de Macaé em carta aberta Documento acompanha ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *