quarta-feira , 20 março 2019
Home / Macaé & Região / Campos dos Goytacazes e Colômbia preparam intercâmbio para universitários

Campos dos Goytacazes e Colômbia preparam intercâmbio para universitários

Após acordo internacional com Angola, agora, a Prefeitura de Campos articula intercâmbio científico e cultural com a Colômbia, além de debater o comércio exterior entre os países.

O assessor especial da Secretaria de Governo e ex-diretor executivo da Superintendência da Igualdade Racial, Rogério Siqueira, está na cidade de Cali a convite de César Cabezas, representante Nacional junto ao Fundo Educativo para Comunidade Negra Colombiana e por Rodrigo Faustino, representante do Conselho PanAfricano no Brasil.

A agenda se desdobra com a vinda de representantes colombianos no Brasil em abril.

Junto ao senador Murillo Benitez e Cezar Cabezas, Rogério Siqueira dialogou sobre a construção do projeto Campos-Colômbia com intercâmbio de universitários e da inclusão de um dispositivo na lei colombiana de bolsas de estudos para financiamento de estudantes colombianos em Campos. Em abril, o senador virá ao Brasil para encontros em Campos e na cidade do Rio de Janeiro.

— Murillo Benitez é, hoje, na Colômbia, o principal nome político das causas raciais e é um árduo defensor da Educação. Falamos das possibilidades também de comércio exterior envolvendo Campos, Angola e Colômbia. Foram muitas pautas e todas muito produtivas. Entreguei de presente publicações do Arquivo Público Municipal de Campos, assim como a reunião de artigos de Alberto Lamego e o inventário de Benta Pereira — comentou Rogério.

O assessor especial também palestrou na Universidad del Valle sobre a união de países com grande quantitativo de povos oriundos da África na criação de uma rede de cooperação. No evento, discursou ao lado do representante do Conselho PanAfricano no Brasil, Rodrigo Faustino e do embaixador da African Union, Fabien Anthony que também virá ao Brasil em abril.

Para César Cabezas, o momento é de aproximação. “É importante a aproximação que é estabelecida na diáspora africana para fortalecer nossos processos políticos, econômicos e culturais. A comunidade negra na Colômbia e no Brasil compartilha muitos aspectos que podem ser estrategicamente fortalecidos para avançar em uma sociedade de oportunidades para nossos povos. Foi importante poder compartilhar com Rogério na cidade de Cali, aprendemos muito e também queremos contribuir no avanço mútuo”, frisou Cabezas.

De acordo com o senador Murillo Benitez há muitas experiências a serem compartilhadas, sobretudo, em termos de desenvolver um programa de bolsas para estudantes colombianos e na reprodução da lei de cotas brasileiras na Colômbia. “Foi um prazer participar desta conversa com o Rogério. Agradeço o convite para conhecer a cidade de Campos e compartilhar com esta equipe nossas experiências exitosas, bem como estreitar os laços, visando um intercâmbio de universitários colombianos, fortalecendo assim a comunidade afro latino-americana”.

 

Veja Também

Escola agrícola de Rio das Ostras tem processo seletivo de 20 a 22 deste mês

A Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer de Rio das Ostras inicia processo seletivo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *