sexta-feira , 27 maio 2022
Home / Macaé & Região / Câmara de Macaé debate a reativação do Fundo de desenvolvimento econômico e social

Câmara de Macaé debate a reativação do Fundo de desenvolvimento econômico e social

Vereadora Iza Vicente autora da proposta

O Legislativo de Macaé aprovou nesta terça (5), entre outras matérias, três requerimentos de Iza Vicente (Rede). O primeiro solicita ao Executivo informações sobre a viabilidade de reativar o Fundo Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social como forma de combate à pobreza. “Não estamos conseguindo avançar nos programas sociais”. Segundo ela, os recursos dos royalties devem ser empregados na área social.

Iza afirma que a cidade tem cerca de 10 mil famílias em vulnerabilidade. Além da política de restaurante popular, com promessa de retorno, ela acrescenta que é preciso buscar outras iniciativas como a moeda social e a renda básica. O presidente Cesinha (Pros) apoiou, lembrando a gravidade do problema da fome e a dificuldade que as pessoas estão passando até para comprar gás de cozinha.
Outra proposição apresentada pela vereadora cobra o transporte para a escola da Sociedade de Ensino e Terapia Macaense, conhecida como Sentrinho. Novamente, Cesinha opinou, afirmando saber do caso de uma criança em Córrego do Ouro que está sem poder estudar. “Já falei sobre isso. O Sentrinho precisa de transporte”.

publicidade

O terceiro requerimento de Iza que também recebeu votação favorável foi sobre a superlotação nas escolas, pedindo por solução. “Além disso, fiquei sabendo que a creche do Sana vai deixar de funcionar em tempo integral por falta de profissionais”. Cesinha fez um comentário geral sobre o papel dos secretários de governo. “O gestor precisa buscar os profissionais onde for necessário”.

As pautas geraram um debate sobre o desempenho das secretarias de Desenvolvimento Social e da Educação. Também participaram da discussão o líder do governo Luciano Diniz (Cidadania), Tico Jardim (Pros), Paulo Paes (União Brasil) e Luiz Matos (Republicanos). A íntegra pode ser acompanhada abaixo:

Veja Também

Rio das Ostras abre processo contra a Enel

Moradores reclamam sobre a qualidade do serviço prestado no distrito de Cantagalo A Enel vem ...

Deixe uma resposta