sexta-feira , 25 setembro 2020
Home / Macaé & Região / Bariloche: superando a crise e melhorando a vida das pessoas em Macaé

Bariloche: superando a crise e melhorando a vida das pessoas em Macaé

Três fases distintas marcam os quase 70 anos de história do espaço que, após ser base de dois principais polos econômicos de Macaé, se transforma no mais completo projeto de assistência pública em Saúde, integrando unidades de atenção básica e baixa complexidade, dentro do conceito de acolhimento, qualidade e assistência.

Na segunda-feira (29), dia de celebração dos 206 anos de fundação da vila de Macaé, a antiga sede da indústria Bariloche ganhará nova referência em sua história, por representar a organização, planejamento e austeridade exigidas diante do cenário da crise. Superação que reflete hoje o compromisso do governo em elevar a qualidade da assistência aos cidadãos.

Premissa do compromisso social também estabelecido pela fábrica, inaugurada na década de 50 e que, até o final dos anos 80, impulsionou o desenvolvimento econômico da cidade, a humanização representa o conceito do Centro de Especialidades Médicas Dona Alba, onde cada paciente terá contato com legado construído por uma personagem ilustre e marcante da história de Macaé.

Há quatro décadas, a iniciativa de Alba Corral em transformar a fábrica em um ambiente de integração familiar, de desenvolvimento humano e de representatividade da força da mulher, ganha um novo significado ao ser a base do projeto criado pelo governo, com objetivo de facilitar o acesso dos macaenses ao sistema público de saúde.

No espaço, onde tecidos eram cortados e transformados em roupas, que, anos depois abrigou umas das unidades centrais da Petrobras para a gestão de exploração e produção da Bacia de Campos, a população terá acesso a consultas, exames, diagnósticos, tratamentos, medicamentos e até pequenas cirurgias.

No espaço, os pacientes terão acesso a consultas em 28 especialidades médicas. No mesmo local, funcionará o sistema de Controle e Avaliação, que agendará os exames também realizados no complexo: eletrocardiograma, endoscopia alta e baixa, ultrassonografia, raio X, mamografia, ecodoppler e eletrocardiograma.

O Centro de Especialidades Médicas Dona Alba também oferecerá o serviço de órtese e prótese, reabilitação multiprofissional, além de pequenas cirurgias. No espaço, os pacientes terão acesso a medicamentos, através de unidade da farmácia popular.

“O projeto tem um grande significado: o acolhimento. Com a vocação de Dona Alba, que todos nós macaenses conhecemos, em se dedicar a transformar a vida do próximo, o Centro de Especialidades Médicas foi criado como o espaço capaz de ser eficaz no que as pessoas esperam do poder público: eficiência”, afirma Dr. Aluízio.

Publicidade

Veja Também

Prefeitura de Búzios programa abertura de hotéis e pousadas para agosto

A prefeitura de Búzios, esta ampliando as medidas de flexibilização contra a propagação do Covid-19 ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *